Posts in the pinup category

As saias Poison Ivy são sexy e tem estampa de oncinha em cores fortes, conferindo um toque contemporâneo ao clássico modelo “saia lápis” que na nossa versão é um pouco mais curta que a tradicional.

O nome da saia é uma homenagem a guitarrista da banda de psychobilly The Cramps, Poison Ivy. As meninas que que dão um toque atitude no seu estilo certamente irão se identificar com o modelo. O detalhe nas costas sugere o fecho de um espartilho.

Essas particularidades são a marca das peças da Vudu! que busca inspiração no passado para vestir as pin-ups de hoje.

VISTA-SE DE RETRÔ!

saia-oncinha-Poison-Ivy-vudu-(2) (mais…)

promo-card-pinup-vudu

Colecione os cards com as 04 pin-ups que mais amamos e assim que juntar as quatro, troque por uma camiseta.

Mais detalhes sobre essa promoção você encontrará no verso dos cards assim que seu pedido chegar aí.

Brigitte Bardot:

promo-card-pinup-vudu3

 

Marilyn Monroe: 

promo-card-pinup-vudu4

Jayne Mansfield:

promo-card-pinup-vudu2

 

Bettie Page:

promo-card-pinup-vudu1

 

Os cards serão enviados com os pedidos despachados a partir de hoje, 16 de outubro.

 

“Homens admiram imagens de mulheres e mulheres admiram imagens de…mulheres.”

Está é a resposta da ilustradora Olivia De Berardinis quando questionada sobre o porquê de desenhar somente mulheres erotizadas, como as famosas ilustrações realísticas (e algumas surreais) de Bettie Page.

Hot Sauce, 1992

(mais…)

“Kustom Kulture” é uma cultura underground surgida na década de 1950. Empregada em diversas áreas como trabalhos artísticos em automóveis (aerografia, pinstriping, Hot Rod), artes como tatuagem, música, entre outros meios, além de caracterizar um estilo de vida.

O conceito surgiu nos Estados Unidos e possui adeptos em todo o mundo nos dias atuais.

Nos início do movimento hot rod, haviam diversos estilos de customização rolando. Ao longo do tempo, cada um desses estilos distintos de personalizar se misturaram e reformularam a nossa vida cotidiana.

Artistas como Von Dutch (Kenny Howard), os construtores de carros personalizados, Ed “Big Daddy” Roth e Jeffries Dean, que também customizavam motos, os Irmãos Barris (Sam e George Barris), juntamente com numerosos artistas, tatuadores, ilustradores, pintores de automóveis, filmes e programas de televisão da época ajudaram a formar o que é conhecido hoje como Kustom Kulture.