Posts in the marilyn monroe category

promo-card-pinup-vudu

Colecione os cards com as 04 pin-ups que mais amamos e assim que juntar as quatro, troque por uma camiseta.

Mais detalhes sobre essa promoção você encontrará no verso dos cards assim que seu pedido chegar aí.

Brigitte Bardot:

promo-card-pinup-vudu3

 

Marilyn Monroe: 

promo-card-pinup-vudu4

Jayne Mansfield:

promo-card-pinup-vudu2

 

Bettie Page:

promo-card-pinup-vudu1

 

Os cards serão enviados com os pedidos despachados a partir de hoje, 16 de outubro.

 

 

chris

 

PROMOÇÃO COMPRE NA VUDU! GANHE UMA TATTOO

COMO PARTICIPAR: (mais…)

A Vudu! esteve na exposição “Quero Ser Marilyn Monroe” que está na Cinemateca Brasileira em São Paulo.
Além da exposição de fotos e artes há uma mostra com filmes da diva.

E o local não poderia ser mais apropriado.
A Cinemateca é um dos lugares mais bonitos da cidade, combina com Marilyn.
Se você ainda não conhece, aproveite a oportunidade para ver fotos raras, fotos famosas, de bastidores,  a visão de diversos artistas sobre a sex symbol mais famosa do mundo, assista filmes e conheça a Cinemateca!

A mostra e exposição para lembrar os 50 anos da morte de Monroe é gratuita e estará em cartaz até dia 1º de Abril.

Mais informações: marilynmonroe.com.br

Confira a programação na Cinemateca Brasileira 

 

Diversas histórias sobre os bastidores “vintage” de Hollywood são descritas no livro Snuff de Chuck Palaniuk.

Recomendo a leitura mas já aviso que o livro não tem nada a ver com a época dourada do cinema americano. Essas histórias são apenas observações dos personagens, que também são atores mas passam longe do glamour de Hollywood.

Voltando ao que nos interessa…

Algumas histórias pesquisei e são verídicas outras não descobri se são verdadeiras mas de qualquer forma são interessantes. Segue algumas (todas reproduzidas na íntegra):

Norma Talmdge
Norma Talmadge

“…Norma Talmadge era uma estrela do cinema mudo. Maior bilheteria de 1923. Recebia três mil cartas de fãs por semana. Em 1927, essa tal Norma pisou por acidente num trecho de cimento úmido na frente do Grauman´s Chinese Theater, inaugurando a era das marcas de pés e mãos deixadas por astros de cinema.”

Dolores Del Rio
Dolores Del Rio

“(…) Dolores Del Rio costuma usar pó de gelatina de uva para escurecer os mamilos, que ficavam mais visíveis através das roupas.

Rita Hayworth
Rita Hayworth

Já Rita Hayworth usava pó de gelatina de morango para tingir os seus de rosa-choque.”

Lon Chaney e Mary Philbin em o Fanstama da Opera 1925
Lon Chaney e Mary Philbin em o Fanstama da Opera 1925

“Quando interpretou o Fantasma da Ópera, Chaney trazia ovos cozidos para a filmagem. Antes de rodar ele descascava um ovo e retirava cuidadosamente a elástica membrana branca que envolve a clara. Para parecer cego, estendia essa membrana de ovo sobre sua íris, forjando uma catarata. As bactérias foram se acumulando sobre a membrana, e Chaney acabou perdendo a visão naquele olho.”

 

Buddy-Holly
Buddy Holly

“Durante a Guerra Fria, na década de cinquenta, os espiões americanos recebiam óculos com armações muito grossas. Eram treinados , caso fossem capturados, mastigar displicentemente as hastes curvas de plásticos, que continham doses fatais de cianeto. São esses mesmos óculos suicidas com armações de chifre (…) que inspiraram a aparência de Buddy Holly e Elvis Costello. Era um bando de jovens riquinhos andando com a morte no nariz.”

 

Gene Kelly
Gene Kelly

“Naquele filme de 1952, Cantando na Chuva, o ator Gene Kelly passou dias dançando a canção-tema, tomada após tomada, com uma febre de quase quarenta graus. Para melhorar a aparência da chuva no filme, a produção usou uma mistura de água e leite. E lá esta Gene Kelly, doente à beça, ensopado de leite azedo, mas sorrindo como se fosse o dia mais feliz da sua vida.”

 

Lucille Ball
Lucille Ball

“(…) a atriz Lucille Ball sempre se recusou a fazer cirurgias cosméticas. Nada de lifting para Lucille. Em vez disso, ela deixava crescer o cabelo nas têmporas, criando longas mechas grossas que cobriam as orelhas. Antes de fazer qualquer aparição pública e rodar qualquer filme ou programa, Lucy enrolava esses longos cachos ao redor de palitos de madeira. Com uma rede apertava sobre o topo da cabeça, ela puxava os palitos para cima e para trás, esticando e erguendo a pele frouxa das bochechas. Encaixava os palitos na rede e depois colocava uma peruca ruiva para esconder o troço todo. A partir de certa época, sempre que você avistar Lucille Ball numa reprise televisiva, fazendo caretas em busca de risadas, sorridente e com uma aparência ótima para sua idade, pode ter certeza: ela está sofrendo muito.”

 

Betty Grable
Betty Grable

‎” Betty Grable, a famosa pin-up, borrifava laquê na bunda e nos peitos até lambuzar tudo. Assim as partes do seu maiô ficavam grudadas onde ela queria.”

 

marilyn monroe
Marilyn Monroe

“(…) Marylin Monroe costumava cortar o salto de um dos sapatos para encurtar uma das pernas e fazer as nádegas roçarem uma na outra enquanro ela andava.”

 

Se tudo isso é verdade ou não só saberá mesmo quem pesquisar as histórias dessas grandes estrelas.

Norma Jeane (seu nome verdadeiro) nasceu dia 01 de junho de 1926.

Marilyn tornou-se um ícone pop, a mulher que melhor representava a sensualidade e inocência necessária para uma pin-up na década de 50.

“[ Se eu tivesse cumprido todas as regras, eu nunca teria chegado a lugar nenhum. ]”  Marilyn Monroe.

Ela foi também a responsável pelo clichê de  “loira burra” devido aos frequentes papéis em filmes em que representava personagens ingênuas, sexys e pouco espertas.

“[ Antes do casamento, uma menina tem que fazer amor com um homem para segura-lo. Apos o casamento, ela tem que segura-lo para fazer amor com ele. ]” Marilyn Monroe

Mas ela era muito mais que isso. Por trás da imagem inocente-sexy-burra existia uma mulher inteligente, que por vezes surpreendeu a impressa com seus comentários e observações originais e espirituosos.

Marilyn tentou expandir sua carreira e fazer outros papéis mais dramáticos onde pudesse mostrar seu talento. Ela estudou em diversas escolas de arte dramática mas a indústria de filmes em massa que vive de imagens fáceis não permitiu.

Ela tentou mostrar ao mundo a mulher por detrás do sexy-symbol mas não houve tempo. Nunca conheceremos todo seu pontencial.

Nos resta  a inspiração através das imagens de uma mulher de beleza única e ao mesmo tempo tão simples.

E com um pouco mais de observação podemos enxergar que o mito era uma mulher complexa, com suas expectativas, tentativas, decepções e alegrias.

Ela era assim como nós, pin-ups modernas.

‎”[ Mulheres comportadas raramente fizeram historia ]” Marylin Monroe